Biobanco

Biobanco

A pesquisa em Oncologia depende da identificação das características e dos perfis dos tumores, informações obtidas por meio da análise de materiais biológicos. A estrutura mais adequada para armazenar estes materiais é o Biobanco – responsável pela coleta, pelo armazenamento e pelo gerenciamento de amostras de diversos tipos de materiais humanos: tecidos, sangue, RNA, DNA, entre outros, de acordo com normas e padrões nacionais e internacionais.

O Biobanco do Hospital Haroldo Juaçaba iniciou suas atividades em maio de 2011. É a primeira Instituição do Estado na obtenção e no gerenciamento de bioamostras de pacientes com câncer, um passo fundamental para estudos e pesquisas que auxiliarão na descoberta de tratamentos cada vez mais eficazes.

As amostras de tecidos doados pelos pacientes atendidos na instituição são – com consentimento prévio – identificadas por códigos de barra que garantem o anonimato e submetidas a um sistema de congelamento capaz de preservá-las por muitos anos. Assim, podem ser obtidas moléculas que auxiliarão no entendimento do câncer. O processo não interfere no diagnóstico do paciente e não requer procedimento cirúrgico adicional. É uma iniciativa que possibilita a realização de pesquisas em câncer com qualidade comparável aos estudos realizados nos melhores centros de saúde e pesquisa do exterior.