Casa Vida

Institucional

banner casa visa (interno)

Servir é um exercício de amor

Imagine um local onde pessoas em tratamento contra o câncer possam não só se hospedar, mas se alimentar, descansar, participar de atividades lúdicas e oficinas, ser acompanhadas por um familiar, além de receberem a atenção de uma equipe voltada para o seu bem-estar físico e mental.

Esse local existe e se chama Casa Vida. A história da casa de apoio do ICC se entrelaça com o seu princípio básico: o compromisso de prevenir, diagnosticar e tratar o câncer de forma efetiva, eficiente e humanizada. Sinônimo de excelência em todas as áreas oncológicas, o Instituto tem reconhecimento nacional e internacional e a Casa Vida nasceu para integrar e complementar esse compromisso.

Criada em meados dos anos 1970, quando a Rede Feminina do ICC, era presidida por Heloisa Juaçaba, esposa de um dos fundadores do Instituto, que na época inaugurou a Enfermaria Carmem Prudente, no intuito de acomodar pessoas que não tinham onde ficar em Fortaleza e, por isso, muitas vezes, chegavam a abandonar o tratamento por falta de recursos financeiros para locomoção e alimentação. Após alguns anos, a Enfermaria passou a se chamar Casa Vida. O nome não poderia ter si sido mais adequado, visto à dimensão do trabalho realizado por meio do acolhimento diário e dedicação aos pacientes e acompanhantes.

Garantir acolhimento, suporte emocional e atenção humanizada aos pacientes do SUS que fazem tratamento no Hospital Haroldo Juaçaba e que não têm onde se hospedar em Fortaleza, é o legado da Casa Vida, que oferece uma grande rede de cuidados no intuito de ampliar as chances de cura, encurtar o tempo de recuperação e minimizar o sofrimento dos que chegam.

De uma pequena instalação à uma casa de com uma área de 3.800m², capacidade para atender 120 pessoas, localização privilegiada, com quatro andares, sendo três para internação e um para atividades ao ar livre; refeitório; espaçosas salas de convivência para jogos, atividades e terapias, além de uma bela e reconfortante visão para a Lagoa do Porangabussu. O novo prédio é fruto da obstinação do ICC em assegurar ao paciente uma cadeia completa de cuidados. Para ser erguido, contou com a colaboração da Receita Federal, de empresas privadas como a Cerbrás, diversos setores da sociedade civil e de voluntários.

Solidarieadade que alimenta

Todo paciente tem direito a um acompanhante durante os dias em que estiver hospedado na Casa Vida, podendo ficar o tempo que for necessário para a realização do seu tratamento no HHJ, que em média chega a cinco semanas.  Ambos recebem seis refeições por dia. Anualmente, são oferecidas 99.487 refeições de alto valor nutricional para pacientes e acompanhantes.

Para promover o bem-estar e estimular o convívio social entre os hóspedes, a nova sede possui espaços multiuso, nos quais são promovidos eventos nas datas comemorativas, como o Dia da Mulher, o Dia das Mães, o Dia dos Pais, a Páscoa, o São João e o Natal, assim como festas de aniversário e eventos culturais.

Cuidados Multidisciplinares

Todos os dias os pacientes recebem atendimento de uma equipe multiprofissional formada por nutricionistas, farmacêuticos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais e fisioterapeutas, que contribuem para que o paciente mantenha um estado clínico satisfatório, fazendo com que o tratamento não seja interrompido.

Voluntariado: carinho e alegria

A casa recebe o apoio dos voluntários, que distribuem carinho, seja através de um acompanhamento religioso, de um auxilio na recepção, na realização de oficinas lúdicas e de artesanato, na organização de festas em datas comemorativas para os pacientes e acompanhantes ou numa simples conversa.

Nossa Estrutura