Conheça as campanhas

Conheça um pouco mais sobre o Outubro Rosa e o Novembro Azul.

Leia mais
I Simpósio Multidisciplinar

Participe conosco desta manhã de informação e prevenção!

Guarde
Informação é Prevenção!

Acesse nosso material informativo e vídeo palestra sobre o câncer de mama e de próstata.

Acesse

Estimativa Câncer de Mama 2018

59700

Novos casos/Brasil

11860

Novos casos/Nordeste

2200

Novos casos/Ceará

1410

Novos casos/Fortaleza

Fonte: INCA (2018)

MITO ou VERDADE?

O câncer tem cura?

VERDADE.

Embora a medicina mencione que o tratamento deve ser individualizado e que cada paciente responde de maneira particular às terapias, o câncer é curável, desde que diagnosticado precocemente e acompanhado corretamente.

Um tumor pode ser causado por um trauma, por exemplo, uma pancada?

MITO.

A batida pode formar uma massa, que, em exames rotineiros, se assemelha a um tumor, mas é benigno. Outra coisa comum é que, a partir do trauma, a preocupação da pessoa aumente e, por meio do toque mais frequente ou outro exame, ela possa descobrir um nódulo que já estava presente em seu corpo.

É melhor ter vários nódulos na mama que um só?

MITO.

Estudos indicam que o fato de ter um ou vários nódulos não influencia na gravidade da doença. É importante lembrar também que nódulo nem sempre é câncer.

Amamentar protege a mama do câncer?

VERDADE.

Quando o bebê mama, as células mamárias ficam produzindo leite e se multiplicam menos, o que reduz o risco de contrair a doença.

Estou em tratamento de câncer de mama, não posso amamentar meu bebê?

VERDADE.

Embora as células cancerosas não possam passar para o bebê através do leite materno, os médicos aconselham às mulheres que iniciam o tratamento com radioterapia ou com quimioterapia, que parem de amamentar até que os elementos radioativos ou medicamentos sejam completamente eliminados do organismo da mãe. Você pode ainda amamentar em caso de receber tratamento radioterápico, mas a radiação irá limitar a produção de leite na mama afetada

Desodorante antitranspirante pode causar câncer de mama?

MITO.

Não. Esse é um boato que circula na Internet, mas nada tem de verdadeiro. Não existem pesquisas ou estudos que demonstrem haver qualquer ligação entre as duas coisas. O que pode acontecer é a obstrução de algumas glândulas sudoríparas, mas isso não afeta a mama.

Algumas mulheres da minha família tiveram câncer de mama. Por isso, corro mais riscos?

VERDADE.

Ter mãe, irmã ou filha com câncer de mama aumenta o risco em 80%. Há um teste que mostra se há mutações genéticas. Porém, o serviço só é feito na rede particular de saúde e custa em torno de R$ 600. Se for detectada a mutação, as cirurgias preventivas conseguem reduzir bastante esse risco.

Não tenho histórico familiar. Nunca terei tumores nas mamas?

MITO.

Nenhuma mulher está imune ao câncer de mama. O risco básico de qualquer uma de nós desenvolver esse tipo de tumor é de 12%, mesmo sem casos na família. Uma em cada oito brasileiras de até 70 anos vai ter a doença.