Sobre o ICC

Linha do Tempo ICC

1944
1945
1948
1954
1955
1959
1968
1969
1970
1979
1982
1985
1988
1991
1995
1999
2005
2006
2009
2011
2013
2014
2015
2016
2017

1944

Criado, em Fortaleza, o Instituto do Câncer do Ceará, cujo primeiro diretor foi o médico sanitarista Waldemar Alcântara.

1945

Primeira atuação concreta do ICC, com a criação de um ambulatório na Santa Casa de Misericórdia para o atendimento a pacientes oncológicos.

1948

Fundação da Faculdade de Medicina dp Ceará, que, no mesmo ano, recebeu um ambulatório do ICC, com atendimento de Radioterapia.

1954

Em paralelo à realização da primeira campanha contra o câncer no Ceará, foi anunciada a arrecadação de recursos para um futuro hospital de câncer.

1955

A campanha para a construção do hospital recebe o apoio de estudantes de Medicina e da Rede Feminina do ICC, criada em 1954.

1959

A Faculdade de Medicina muda-se para o Porangabussu, e o ICC vai junto, conquistando novas e mais confortáveis instalações.

1968

O ICC adquire terreno à Rua Papi Júnior, vizinho ao complexo da Faculdade de Medicina, Maternidade Escola e Hospital das Clínicas.

1969

Chegada a primeira bomba de cobalto do Ceará no ICC e início das obras do Centro de Radioterapia do ICC.

1970

É criada a primeira acomodação para pacientes que não tinham onde ficar durante o tratamento, tudo sob a responsabilidade da Rede Feminina.

1979

É implantado no ICC o Departamento de Prevenção, Diagnóstico e Controle de Câncer, um passo a mais no atendimento de excelência.

1982

É inaugurada a Enfermaria Carmen Prudente, com melhor capacidade para acolher pacientes em tratamento.

1985

Tem início a construção do Ambulatório Corina Parente, com o objetivo de melhorar o primeiro atendimento às ocorrências médicas.

1988

Início do Serviço de Oncologia Clínica, que ao longo dos anos vem modernizando suas técnicas de abordagem dos diversos tipos de tumores.

1991

Instalação do Serviço de Endoscopia, para atender à demanda da população por procedimentos diferenciados de Vídeo Diagnóstico.

1995

Início das obras do Hospital do Câncer, com o apoio e engajamento de empresários, médicos,autoridades e membros da Rede Feminina do ICC.

1999

É inaugurado o Hospital do Câncer do Ceará, o primeiro do Estado dedicado à prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer.

2005

Inauguração do prédio Anexo, ampliando o atendimento.

2006

Implantação da ECO e dos cursos de Mestrado e Doutorado em Cancerologia. Expansão do Laboratório de Patologia. Criação do Serviço de Cuidados Paliativos, agregando Clínica da Dor e Homecare.

2009

Comemoração dos 65 anos do ICC e abertura do programa de Iniciação Científica, que reafirma a vocação do instituto na formação de novos quadros.

2011

O Hospital do Câncer do Ceará passa a se chamar Hospital Haroldo Juaçaba (HHJ), em homenagem a um dos seus fundadores e ex-presidente.

2013

Abertura do Centro Oncológico São Mateus - ICC, levando os serviços para uma outra área de Fortaleza, a fim de dar mais comodidade ao paciente.

2014

É inaugurada a nova sede da Casa Vida e ampliada a sua capacidade para acolher pacientes e tratamento no ICC.

2015

ICC lança Pedra Fundamental do Anexo II, o novo prédio terá 28 mil m2 para atendimento exclusivo de pacientes do SUS, que duplicará a capacidade de atendimento do Instituto. Entre as novidades estão o Pronto Atendimento Oncológico, novos Centro de Acolhimento, de Ensino e Pesquisa, moderno Centro de Imagens.

2016

Conclusão de toda a parte de fundação da obra de expansão do HHJ e início da construção das lages.

2017

Credenciamento da Faculdade Rodolfo Teófilo - FRT junto ao MEC. Inauguração de novo acelerador linear doado pelo Governo do Estado do Ceará.

Atuante há sete décadas, o Instituto do Câncer do Ceará (ICC) vem fazendo além do esperado e operando com a máxima potência. Saúde, inovação, pesquisa e responsabilidade social fazem parte do seu universo, a partir do trabalho primoroso de várias instâncias de atuação: Hospital Haroldo Juaçaba (HHJ), Centro de Pesquisa em Oncologia do Ceará, Casa Vida, ICC BioLabs e a recém-criada Faculdade Rodolfo Teófilo (FRT).

A experiência que fortaleceu as bases do trabalho realizado foi a mesma que trouxe o viço para aperfeiçoar processos internos. Oferecendo atendimento especializado digno e respeitado em todo o país pela excelência do seu corpo clínico e a competência dos funcionários, o Hospital Haroldo Juaçaba (HHJ) prossegue sua caminhada em prol do bem estar integral do paciente.

Nossa meta é entregar para a sociedade o que há de melhor e mais eficaz no tratamento contra o câncer. Por isso, o ICC procura proporcionar a seus gestores e especialistas a oportunidade de crescerem pessoal e profissionalmente, fazendo uso de constantes programas de capacitação. Ressalte-se que muitos dos excelentes profissionais que atuam no HHJ, dando provas de perícia técnica e sensibilidade social, cursaram o Mestrado, o Doutorado ou as residências Médica e Multiprofissional disponíveis.

A preocupação com a formação de mão-de-obra qualificada se expandiu com a recém-criada Faculdade Rodolfo Teófilo (FRT), cujas obras foram concluídas em 2016. O credenciamento dos cursos pelo MEC foi uma das grandes conquistas de 2017, tornando a Faculdade apta a receber alunos de Enfermagem, Fisioterapia, Serviço Social e Gestão Hospitalar.

Desenvolvemos uma afiada capacidade de entendimento empresarial, fruto de um trabalho que começou há dez anos com o programa de empresariamento de 2006, o PROEMPE. Houve um ganho na qualidade assistencial, acompanhado de perto pelos acertos na capacidade gerencial. Se antes uma cirurgia de abdome era feita em 15 dias, hoje o prazo é de cinco ou seis dias.